sexta-feira, 22 de janeiro de 2016

O Zelo da Tua Casa

Graça e Paz aos santos e irmãos em CRISTO, NOSSO SENHOR e SALVADOR.

Já se tornou corriqueiro para mim, ser abordado por alguns amigos ateus, com algumas questões de sentido duvidoso ou até mesmo zombeteiro sobre a Igreja, ou até mesmo a Bíblia.
Não posso afirmar com certeza qual a intenção deles, pois já deixei claro que não abandonarei minha FÉ ou minha igreja por nenhum motivo que não seja o ARREBATAMENTO, ou a morte deste corpo que hoje possuo, mas estes ainda insistem em tentar me provocar.
Algumas das acusações mais comuns, é quanto ao dízimo.
Muitos me enviam vídeos e relatos de pastores que acabaram por usar de forma indiscriminada o dízimo dos irmãos em CRISTO, que suas igrejas recolhiam.

Antes de tudo leiamos uma passagem das ESCRITURAS:

13. Se formos infiéis, ELE permanece fiél; não pode negar-se a si mesmo.
14. Traze estas coisas à memória, ordenando-lhes diante do SENHOR que não tenham contendas de palavras, que para nada aproveitam e são para perversão dos ouvintes.
15. Procura apresentar-te a DEUS aprovado, como obreiro que não tem de que se envergonhar, que maneja bem a PALAVRADA DA VERDADE.
16. Mas evita os falatórios profanos, porque produzirão maior impiedade.
2 Timóteo 2: 13-16

Alicerçados nesta passagem, posso então falar sobre esse assunto, sem me preocupar em ofender a ninguém, porque estarei alicerçado na PALAVRA.
Primeiro, observemos o versículo 14, eu não posso entrar nestas contendas de palavras, sem estar desobedecendo as próprias ESCRITURAS. E se olharmos o versículo 16, estes falatórios claramente produzirão apenas mais e mais impiedade.
E vamos um pouco mais além, a Bíblia diz que essas contendas são para perversão do ouvinte.
Ora, perverter, significa tornar perverso, corromper, desmoralizar, depravar, alterar.
Ao acusarmos um pastor de "roubar" o dízimo de uma igreja, estamos não só derrubando o pastor, mas também todo um povo.

Antes de seguir, quero deixar bem claro que se houver provas concretas deste procedimento por parte do pastor, deve ocorrer imediatamente o afastamento do mesmo, do cargo e do púlpito.

Agora, quando usamos como exemplo, um pastor que pecou ao fazer isso, para atacar uma igreja que nem mesmo conhecemos, e um pastor que não sabemos como procede, estamos sendo levianos.
E corremos o risco de sermos enquadrados no que descreve o versículo 14. Ou seja, desmoralizamos um pastor que nem ao menos conhecemos, alteramos a verdade, corrompemos e depravamos os irmãos, tornando-os perversos e incrédulos.

Por DEUS que está no céu, não seja responsável por desviar uma alma, meu irmão. O preço é muito caro.
Cada alma que existe neste mundo, foi comprada a preço de sangue, no próprio Calvário.
Que este sangue não pese sobre sua cabeça.

Agora, me dirigindo aos irmãos, em CRISTO, se ocorrer algo deste tipo em suas igrejas, usem a PALAVRA para julgar.
Aos que praticarem tal ato, há somente uma saída: o afastamento imediato do púlpito, e da liderança do ministério.
Se o caso se agravar, que este seja desligado do ministério como ordena a PALAVRA. Que a igreja tenha a primazia, não o homem.

Terminamos lendo o versículo 13.
Mesmo que um pastor, um evangelista, ou um simples irmão seja infiél em qualquer proceder perante a igreja e ao EVANGELHO, DEUS continuará permanecendo fiél, pois ELE não nega a si mesmo.

Como diriam os mais afoitos, os cães ladram e a caravana passa.

Não deixe sua ser enfraquecida pelo erro de outra pessoa. Não jogue fora todo um ministério por causa de um irmão.
Lembrem-se do exemplo de Josué diante do caso de Acã ( Josué 7 ), onde somente os pecadores foram postos fora.

Tenha zelo pela casa do SENHOR, tenha zelo pelas coisas pertinentes a igreja.
JESUS foi consumido pelo zelo pela SUA casa, e SEU povo.
ELE não tolerou as abominações e os comerciantes dentro do templo ( João 2:13-17 ).
Não permita que o ministério da sua igreja fique enfraquecido ou até mesmo acabe, por causa de uma só pessoa que agiu errado.

Tenha , continue sempre orando, e não se afaste dos caminhos do SENHOR.

Que DEUS vos lave e santifique pela sua PALAVRA.

DEUS os abençoe.

Nenhum comentário:

Postar um comentário